Sub-categorias

Notícia

UE condena violência contra rohingyas e fala em erradicação de etnia

Conselho de Segurança exigiu medidas "imediatas" para fazer cessar a "violência excessiva" no estado de Rakhine.
Por Lusa|14.09.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O presidente da Comissão Europeia condenou esta quinta-feira a "catástrofe chocante" que atinge a minoria rohingya em Myanmar, pouco depois de o Parlamento Europeu ter ameaçado retirar o seu prémio de direitos humanos à dirigente Aung San Suu Kyi.

"O que se passa em Myanmar é uma catástrofe chocante, já que, mais uma vez, se tenta erradicar etnias inteiras", declarou Jean-Claude Juncker, entrevistado num programa com animadores do YouTube para o canal Euronews.

Numa resolução, o Parlamento Europeu (PE) declarou-se esta quinta-feira "muito preocupado com a gravidade e a dimensão crescentes das violações dos direitos humanos, incluindo assassínios, confrontos violentos, destruição de bens civis e deslocação de centenas de milhares de civis" em Myanmar.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub