Sub-categorias

Notícia

A minha resposta aos extremistas

André Ventura

A minha resposta aos extremistas

Qualquer pensamento ou proposta que ouse sair do círculo definido pela elite é imediatamente rotulado.
  • 7
  • 2697
Por André Ventura|10.08.17
O politicamente correto enraizou-se de tal forma nas elites portuguesas que deixámos de admitir outros cenários, mesmo que se aproximem muito mais daquilo a que vulgarmente designamos como a realidade das coisas. Qualquer pensamento, palavra ou proposta que ousem sair desse círculo definido pela elite bem pensante dos políticos de carreira ou dos comentadores do sistema são imediatamente atacados e rotulados. Extremista. Racista. Populista. Tudo serve para descredibilizar, para denegrir e para humilhar quem pense diferente, quem queira chamar as coisas pelos nomes, quem queira assumidamente fazer diferente daquilo que foi executado nos últimos 40 anos.

Nas últimas semanas, um conjunto de políticos e comentadores profissionais, bem instalados nos tachos que o sistema oferece e autoconvencidos da sua inquestionável supremacia intelectual, coordenaram-se entre si num ataque sem precedentes à minha dignidade e à minha imagem pública. Animal, porco, racista ou populista sem coluna vertebral foram alguns exemplos de expressões utilizadas sem qualquer filtro ou cautela – muitas vezes em horário nobre ou nas páginas de jornais diários - de forma intencional e maldosa.

Não responderei neste registo, embora não deixe de notar que os zelosos polícias das palavras e do pensamento sejam precisamente aqueles que habitualmente gritam aos quatro ventos pela liberdade de expressão e de opinião. Claro que, sendo muitos deles os mesmos que defendem as virtudes da democracia venezuelana ou o caráter impoluto de José Sócrates na gestão dos dinheiros públicos, me afetam muito pouco. Mas isso sou eu!

Se estão à espera que me cale, que me acanhe ou que venha pedir desculpa pelo que disse, podem continuar sentados nas vossas confortáveis e aburguesadas poltronas. Se pretendem que ignore as verdadeiras preocupações e anseios das pessoas em nome de um qualquer código de conduta do politicamente correto, é porque não me conhecem minimamente, nem aos valores que transporto comigo.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De portuense10.08.17
    Apoiado! Subscrevo e assino por baixo!
4 Comentários
  • De  Anónimo 10.08.17
    Obrigado AV por seres quem és e me dares voz!
    Responder
     
     0
    !
  • De tojornais10.08.17
    Sr. André neste País quem diz as verdades come, já devia de saber isso. Aqueles que o apelidaram de racista são aqueles que cospem no chão quando passam por um pobre. São também aqueles que matam em países comunistas quem se opõem à política ditadora deles. Se não gostam das verdades demitam-se.
    Responder
     
     0
    !
  • De JoséVieira10.08.17
    Subscrevo tudo o que está transcrito por André Ventura , e é de pessoas corajosas , frontais e honestas que Portugal precisa ,acho que Andrè vai ganhara a Câmara e a seguir os Portugueses de bem o conduzirão a novos horizontes , naquilo que depender de mim o André tem futuro político .
    Responder
     
     0
    !
  • De portuense10.08.17
    Apoiado! Subscrevo e assino por baixo!
    Responder
     
     0
    !

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)