Sub-categorias

Notícia

As prendas da banca

Armando Esteves Pereira

As prendas da banca

A probabilidade de serem recuperados os 4,9 mil milhões de euros injetados no Novo Banco, após a resolução do BES, é escassa.
  • 0
  • 0
A probabilidade de serem recuperados os 4,9 mil milhões de euros injetados no Novo Banco, após a resolução do BES, é escassa.

A narrativa dominante é que se o banco for entregue praticamente de borla, sem mais encargos para o erário público, já é um negócio aceitável.

Além  das exigências de aumento do capital que o BCE obriga o banco, a razão para a erosão dos milhões é o crédito malparado, particularmente dos grandes devedores.

Diz o ‘Jornal de Negócios’ que o Fundo Lone Star dá como perdidos perto de 300 milhões a Joe Berardo e mais de 200 milhões emprestados a José Guilherme, o empreiteiro que ofereceu 14 milhões a Ricardo Salgado. Ricas prendas que pagamos.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)