Votar com os pés

Eduardo Cabrita

Votar com os pés

Cavaco já sabe da dimensão da moção de censura dos jovens ao Portugal de hoje.
  • 1
  • 0
Por Eduardo Cabrita|16.05.15
  • partilhe
  • 0
  • 1
Ao fim de quatro anos de extremismo ideológico e de rutura social, um ano depois da conclusão do Programa da Troika com uma determinação que galvanizou os papagaios da imprensa salmão internacional e quando se encena uma coreografia de que o pior já passou e de que a alternativa democrática é um perigo, Cavaco Silva teve a sábia iniciativa de promover um estudo sobre as expectativas dos jovens sobre o estado de Portugal.

As conclusões ontem debatidas são uma estrondosa resposta aos que repetem todos os dias que os portugueses primeiro amocharam, mas depois habituaram-se e até estariam dispostos a renovar a confiança na atual liderança em troca de uma expectativa de gradual alívio da canga.

Incentivados a emigrar, acusados de viver acima das suas possibilidades e ingratos com a generosa multiplicação de estágios para licenciados a quase 600 euros mensais, os jovens afirmam por absoluta maioria estar a ponderar abandonar este ocidental paraíso.

Apenas 22% apreciam a qualidade da nossa democracia, 53% estão a considerar de imediato procurar trabalho no estrangeiro e uns arrasadores 70% ponderam a hipótese de zarpar para outras paragens.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)