Como matar o jornalismo

Eduardo Cintra Torres

Como matar o jornalismo

Os programas de publicidade mascarados de jornalismo enxameiam a televisão. ‘Ajuste de Contas’, na TVI 24, é dos piores exemplos.
  • 0
  • 0
Por Eduardo Cintra Torres|05.02.16
  • partilhe
  • 0
  • 0





















Em ‘Ajuste de Contas’ (TVI 24), Pedro Pinto ajusta contas com o jornalismo decente e com princípios e contraditório. Só faz perguntas boazinhas e mostra belos números das empresas. Não é jornalismo, é marketing mascarado. Qualquer dia é promovido.





















Pedro Pinto dá abraços e joga pingue-pongue com empresários. Aqui, com Pedro Mexia, CEO da EDP. Esta empresa parece dominar a TVI. Raro é o mês em que não vende tempo, programas ou iniciativas da EDP. A ERC finge que não vê, pois é para isso que serve.





















Desde que António Vitorino se demitiu de ministro na véspera duma notícia no ‘Público’, houve outras mudanças de realidades antes de divulgados os factos. Aconteceu com o ‘Sexta às 9’: a NOS mudou agentes de execução, a quem paga para sugar dívidas a clientes.





















As reportagens da SIC ‘Eu É que Sou o Presidente da Junta’ dão atenção ao mundo, esquecido pelos media, em que a política se exerce na proximidade. Escolheu com a ANAFRE juntas de freguesia de algum modo exemplares, mas tem interesse público.





















A direcção de programas da RTP continua com uma imaginação prodigiosa: recuperou mais um programa antigo… dos anos 70. O velho ‘Cartaz TV’ com Jorge Alves chamar-se-á ‘Cartaz RTP’ apresentado por José Carlos Malato. Autopromoção em vez de conteúdos.





















Na Grécia, há manifes, greves e protestos violentos contra o governo do Syriza. O leitor tem-nos visto nos noticiários? Não. Estes eventos não acertam com a "narrativa" criada quando o Syriza era oposição. Agora que ele passou à direita, silêncio.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)