Sub-categorias

Notícia

O chefe de Estado e o país real

Eduardo Cintra Torres

O chefe de Estado e o país real

O neocarisma de Marcelo é também fogo-de-vista. O país real não são selfies. O país real acordou em Pedrógão Grande.
  • 0
  • 188
Por Eduardo Cintra Torres|13.08.17
Terá sido o comentador Marcelo quem, no ‘Expresso’, inventou a expressão "país real" para se referir ao divórcio entre a classe política portuguesa e o povo? Talvez. Sei que eu lia os comentários de Marcelo no ‘Expresso’ e lembro-me bem de a expressão me ficar gravada na memória.

É uma boa imagem para simplificar a distância entre o exercício da política nacional e a realidade do quotidiano de quem a sofre, mesmo que viva frente a S. Bento.

O antigo comentador ocupa agora o lugar institucional com o potencial máximo para contactar o país real. Foi eleito, não tem responsabilidades executivas, e a isso se juntam um à-vontade pessoal desenvolvido ao máximo, uma energia imparável e um voluntarismo que, no passado, teve momentos duma rebeldia infantil agora simpática.

Fez do à-vontade empatia com quem se cruza, elevando a arte da simpatia aos píncaros. Antigamente, comuns ou poderosos, ninguém precisava de ser simpático para ser admirado. Mas a apresentação do Eu no espaço público tornou-se um valor social muito considerado. Pode essa simpatia confundir-se com o carisma, a relação que faz os dirigentes serem amados e seguidos pelos dirigidos? Marcelo consegue transformar a simpatia e o Marcelfismo numa espécie de carisma da sociedade contemporânea, a sociedade do espectáculo. Como qualquer outro carisma, dura enquanto dura. Cavaco teve durante décadas uma relação carismática austera com a maioria da população, mas o seu medo de enfrentar Sócrates desfez o encanto em desencanto. Também ele procurava a relação com o país real. O seu discurso "antipolíticos", dele, o mais político dos políticos, fazia parte dum lançar a corda para se ligar ao povo por cima dessa Lisboa que não liga aos "reais anseios da população", etc.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)