Sub-categorias

Notícia

Recato e bom senso

Eduardo Dâmaso

Recato e bom senso

O ex-ministro Martins da Cruz foi à televisão pública de Angola pedir ‘recato’ e ‘bom senso’ à justiça portuguesa.
  • 0
  • 0
O ex-ministro Martins da Cruz foi à televisão pública de Angola pedir ‘recato’ e ‘bom senso’ à justiça portuguesa, a quem criticou por ter ‘libertado’ a acusação de corrupção ao vice Manuel Vicente. São declarações espantosas.

Martins da Cruz tem obrigação de saber que numa democracia funciona a separação de poderes; que o Ministério Público não pode nem deve esconder uma acusação; que a publicidade é um princípio básico do processo penal; que uma acusação não pode ser gerida como se fosse um assunto de Estado, ou melhor, das sarjetas do poder de Estado.

A um ex-ministro dos Negócios Estrangeiros exigia-se mais bom senso e recato.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)