Sub-categorias

Notícia

Contra a mordaça

Fernanda Cachão

Contra a mordaça

Numa época em que o racismo, a xenofobia, a homofobia e a estupidez de um modo geral andam à solta, correm atrás e a galope os arautos do politicamente correto, tão depressa que se arriscam a ser pequenos fariseus.
  • 0
  • 9
Por Fernanda Cachão|18.07.17
  • partilhe
  • 9
  • 0
Numa época em que o racismo, a xenofobia, a homofobia e a estupidez de um modo geral andam à solta, correm atrás e a galope os arautos do politicamente correto, tão depressa que se arriscam a ser pequenos fariseus.

Não partilhamos de modo nenhum da opinião do democrata cristão, médico reformado de 87 anos, que, entrevistado no fim de semana, além de incomodar a Dona Dolores, quando disse que esta é que era a culpada pelo CR7 ser um "estupor moral" que arranja filhos como quem encomenda um fato, ainda acrescentou que os homossexuais eram "uma anomalia". "Trato-os como a qualquer doente e estou- -me nas tintas se são isto ou aquilo... Não vou tratar mal uma pessoa porque é homossexual, mas não aceito promovê-la. Se me perguntam se é correto? Acho que não."

É uma imbecilidade mas é apenas uma imbecilidade. Não apela à homofobia, não incita ao ódio, é uma opinião de um homem de 87 anos e uma opinião é isso mesmo: não há das boas, nem das más, apenas nascem e têm dono e a beleza da coisa é que podemos gostar ou não delas e dizê-lo em voz alta ou escolher escrever 1200 carateres.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)