A mensagem e o mensageiro

Fernando Medina

A mensagem e o mensageiro

Não só o défice ficou nos 2,1% como a atividade económica no segundo semestre de 2016 cresceu bem acima de igual período de 2015.
  • 0
  • 0
Por Fernando Medina|22.02.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Aos olhos dos portugueses Mário Centeno é um dos principais rostos da recuperação de rendimentos e da melhoria das expectativas no futuro das famílias e do país. Liderou a mudança de política económica, e contra todas as expectativas tornou-a compatível com o défice mais baixo dos últimos 40 anos e a criação líquida de 100 mil novos postos de trabalho.

Centeno é o rosto mais visível de um Governo que cumpre a promessa fundamental: conciliar a devolução de rendimentos com o respeito pelos compromissos europeus. Por que razão, então, passámos a semana a ouvir que Centeno é um ministro fragilizado? A resposta é simples. Porque a oposição precisa. Não conseguindo matar a mensagem a oposição tenta matar o mensageiro.

Por muito interesse jornalístico que tenha, o que quer que tenha acontecido entre Mário Centeno e António Domingues não tem relevância face aos desafios que se colocam à Caixa Geral de Depósitos. Depois de conquistas difíceis, como a anuência de Bruxelas a um plano de recapitalização da Caixa que não conta para o défice, falta ainda o essencial: recapitalizar o banco e dar-lhe as condições (até de estabilidade política) para poder apoiar as empresas e aumentar a capacidade de investimento da nossa economia.

Todo este ruído tem um propósito: afastar a atenção pública da fase ascendente da economia e das contas públicas. Não só o défice ficou nos 2,1% como a atividade económica no segundo semestre de 2016 cresceu bem acima de igual período de 2015. Sem discurso, gorado que foi o anunciado descalabro das contas públicas e o arrefecimento da economia, resta a PSD e CDS uma política de casos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)