Voadores

Fernando Sobral

Voadores

Os The Flaming Lips têm uma história longa e tentadora.
  • 0
  • 0
Por Fernando Sobral|28.01.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Os The Flaming Lips têm uma história longa e tentadora. O seu universo musical sempre foi uma viagem sideral entre o rock psicadélico e o chamado ‘rock espacial’. E, claro, pelos seus concertos, verdadeiros espectáculos de teatro e tecnologia. Sempre gostei da sua aproximação ao universo da cultura subterrânea da ficção científica e do imaginário psicadélico, onde cirandaram muitos dos melhores escritores das décadas de 1960 e 1970. Os The Flaming Lips queriam, de alguma maneira, ser a banda sonora desses sonhos exóticos e irreais. Dois dos seus grandes álbuns foram ‘The Soft Bulletin’ (de 1999) e ‘Yoshimi Battles the Pink Robots’ (de 2002) e este novo ‘Oczy Miody’ faz jus a esses momentos gloriosos.

É mais uma vez uma aventura entre os universos do som e do significado. Por isso buscam aqui o que significa o nascer do sol, os perigosos prazeres da imaginação ou o que se esconde por detrás das ansiedades do amor. Há aqui algum regresso ao passado e aos momentos em que a banda parecia querer descobrir os lugares do paraíso, onde unicórnios e humanos se cruzavam em busca da solidariedade e da paz total. Onde rãs com olhos de demónio assistem a tudo. A alucinação poética e sonora do grupo é demolidora: faz-se também voar em busca de outros mundos. O tema instrumental que dá título ao disco cruza melodia com experimentalismo, algo que os The Flaming Lips exercem com muita competência e destreza. E a voz de Wayne Coyle fala do isolamento na bela ‘How??’. Pelo caminho ainda há momentos que evocam Neil Young. Uma brilhante viagem sonora.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)