Sub-categorias

Notícia

Blog

Francisco José Viegas

Blog

O Acordo Ortográfico de 1990, que entrou em vigor a 1 de janeiro de 2012 foi estabelecido sobre terra queimada.
  • 0
  • 0
Por Francisco José Viegas|09.02.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
O Acordo Ortográfico de 1990, que entrou em vigor a 1 de janeiro de 2012 foi estabelecido sobre terra queimada – a dos tratos de polé a que a língua e a ortografia foram submetidas pela escola, pela imprensa e pelos linguistas, que preferiam a ‘língua oral’ à história da nossa Língua.

O que queriam num país em que o ministério da Educação (antes do AO), pede aos professores para não assinalarem os erros ortográficos dos alunos, porque isso podia ser ‘traumatizante’ e em que a TV pública passa erros ortográficos graves nos rodapés das suas emissões? O que sobra da polémica são hoje meia dúzia de consoantes mudas e alguns acentos que deviam regressar.

No entanto, muitos dos que defendem a ‘diversidade’ do português (que nunca foi posta em causa) escandalizam-se, à maneira dos velhos proprietários da língua, quando os seus escritos são ‘traduzidos’ no Brasil – "que horror".

Tudo isto com a ajuda da Academia das Ciências que, depois de duas décadas de silêncio, preguiça e salamaleques, apareceu a propor correções que deviam ter sido apresentadas até 2015. Voltem para dentro.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)