Sub-categorias

Notícia

Por Francisco José Viegas|20.06.17
  • partilhe
  • 1
  • 0
Como não sou o Presidente da República não tenho de fazer aquelas fitas patrióticas: somos bons mas não fomos os melhores; foram eles.

A banda mexicana fez o que lhe competia (como tínhamos previsto): anunciou ‘mariachi’ (uma música dolente em que ameaçam embebedar-se e morrer de amor) mas pôs-se a tocar um ‘corrido’ de ponta e mola (cantigas para carabina e acordeão), enquanto Portugal voltava ao faduncho dolente e deixava André Silva no banco, tal como Scolari deixava Cristiano Ronaldo de fora.

No final havia não sei quem que dizia não ter explicação para o sucedido e que os mexicanos isto e aquilo, que dominaram mas que enfim. Agora vêm os russos e não esperem que sejam mansos como os barqueiros do Volga.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)