Louçã sai derrotado

João de Sousa

Louçã sai derrotado

Alguém aqui lhe perguntou se o Louçã era um adversário difícil. Respondeu arrogantemente que o era, mas que o derrotou sempre!
  • 0
  • 0
Por João de Sousa|13.12.15
  • partilhe
  • 0
  • 0
Por várias vezes disse a Sócrates que depositava grandes expectativas na sua pessoa, uma vez que experimentava o mesmo que todos os comuns reclusos experimentam, e, com toda a certeza, lideraria a mudança no sistema de Justiça.

Nunca manifestou qualquer intenção, quer por palavra ou gesto, enquanto aqui esteve, que pudesse indiciar que pretendia, pelo menos, alertar para o muito que há a fazer. Sobre a intervenção mediática, disse-me que nunca deveríamos partir para uma entrevista sem controlar o seu conteúdo, e sem ter um tema fraturante, decisivo.

Gabava-se de nunca ter perdido um debate. Alguém aqui lhe perguntou se o Louçã era um adversário difícil, tendo respondido arrogantemente que o era, mas que o derrotou sempre!

Todos esperávamos que o José abordasse o tema da sua prisão e as condições que encontrou, todos pensamos ser um tema fraturante, decisivo. Eu, que segui, ainda que parcialmente os seus ensinamentos, denunciei numa entrevista que a cozinha é um contentor sem condições e que há pouco tempo foi um recluso chamado para retirar uma ratazana morta que estava na água das azeitonas! Solicitei, inclusive, que a ASAE comparecesse por cá e realizasse inspeção.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)