Sub-categorias

Notícia

Por João Pereira Coutinho|24.02.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Aqui há dias, o presidente da Assembleia da República deu uma entrevista à RTP. Em tom suave, sonolento, pachorrento, Ferro Rodrigues lá deixou umas odes ao governo e à alternativa de esquerda, esquecendo-se do lugar que ocupa e da imparcialidade que devia cultivar.

Esta semana, foi a vez do primeiro-ministro entrar em cena: 10 mil milhões fugiram daqui sem controlo, apesar de terem sido comunicados ao Fisco? O caso, que ainda não está esclarecido (as operações não foram investigadas? houve mesmo evasão fiscal?), permitiu a Costa acusar o anterior governo das maiores tropelias: Passos, pelos vistos, fecha os olhos à grande criminalidade financeira – mas é implacável na cobrança de portagens.

No meio deste espectáculo, parece que Assunção vai pedir algum ‘afecto’ a Marcelo, o que provocou uma crise de ciúmes em Eduardo.
Na política portuguesa, o Carnaval chegou mais cedo. E com máscaras.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)