De cabeça erguida

José Calado

De cabeça erguida

Daqui a um ano seremos uma seleção muito poderosa.
  • 0
  • 0
Por José Calado|02.07.17
  • partilhe
  • 0
  • 0

Chegada a decisão do terceiro e quarto lugar, uma questão se coloca: Se Fernando Santos vai proceder à rotatividade de todos os jogadores que tem ao seu dispor ou se vai apresentar uma equipa mais perto daquela que tem jogado nesta Taça das Confederações.

Independentemente do resultado, o futebol português saiu dignificado e de cabeça erguida desta competição. Ronaldo fez um bom torneio e se há muita gente que não percebe a sua ausência, eu não poderia estar mais de acordo com esta decisão da Federação Portuguesa de Futebol o deixar estar perto dos filhos. Antes do futebolista está o ser humano.

Nesta fase final do torneio podemos dizer agora que assistimos em dois jogos a algum conservadorismo por parte do nosso engenheiro-mor.

De qualquer maneira seremos sempre uma equipa muito forte no Campeonato do Mundo do próximo ano na Rússia porque todos os jovens que estão neste seleção vão ter mais um ano de crescimento futebolístico, a maior parte jogando nas melhores equipas do Mundo. E se agora estamos fortes, daqui a um ano creio que seremos uma seleção muito poderosa com esta mistura de juventude e de veterania.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)