Raríssimas

José Carlos Martins

Raríssimas

É raríssimo haver dinheiro para pagar aos enfermeiros o que lhes devem.
  • 0
  • 0
Por José Carlos Martins|21.12.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
A Rita, de 6 anos, filha do Mário, enfermeiro, é uma miúda espertalhaça.

Questiona: ó pai, também este ano a mãe não vai jantar connosco na noite de Natal.

Mário: pois não, filha. A mãe está a fazer o turno da tarde no hospital, até às 00h30, e, como enfermeira, tem que cuidar dos doentes.

Rita: pois, devo ser uma filha rara, nunca tenho a mãe em casa.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)