Por José Carlos Martins|04.01.18
  • partilhe
  • 0
  • 0
O Sr. Presidente da República afirmou a necessidade de se reinventar o futuro e que 2018 deverá ser o ano dessa reinvenção.

E se reinventássemos uma nova Lei de Bases de Saúde que garantisse: i) a prossecução, por sucessivos governos, de uma verdadeira política de saúde centrada na promoção e prevenção e não de uma política de gestão de meios direcionados para o tratamento das doenças; ii) um Serviço Nacional de Saúde enquanto prestador público, bem gerido e dotado dos adequados recursos de forma a efetivar o acesso de todos os cidadãos, em tempo útil, sem pagamento de taxas moderadoras e sem "sanguessugas orçamentais" denominadas parcerias público-privadas ou operadoras privado-sociais; iii) dispositivos por área geodemográfica, articuladores dos recursos locais e de respostas de proximidade, e, que efetivassem mais saúde em todas as políticas; iv) número e diversidade adequadas de profissionais, estáveis, inseridos em carreiras que garantam desenvolvimento e com remuneração adequada à dedicação exclusiva?

Como afirma o Sr. Presidente da República, seria uma reinvenção com verdade, humildade, imaginação e consistência, exigindo coragem. E, com uma pública e transparente discussão, nada seria vetado!
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)