Museus fechados

Leonardo Ralha

Museus fechados

De portas fechadas ficaram o Museu dos Coches e a Torre de Belém.
  • 0
  • 1
Por Leonardo Ralha|16.04.17
  • partilhe
  • 1
  • 0
Ir a Paris sem ver se a ‘Mona Lisa’ de Leonardo Da Vinci é tão pequena quanto dizem é tão mau quanto estar em Florença sem poder constatar se o ‘David’ de Michelangelo é tão imponente ao vivo quanto parece nos filmes.

Aconteceu algo parecido aos turistas que vieram a Portugal na sexta-feira e no sábado, encontrando museus e monumentos encerrados devido a uma greve. De portas fechadas ficaram, entre outros, o Museu dos Coches e a Torre de Belém, enquanto o desenrascanço que é um esplendor de Portugal fez cobrar metade do ingresso a quem só pôde ver parte do Museu Nacional de Arte Antiga.

Sendo certo que os trabalhadores têm direito à greve, qualquer turista que tenha encontrado portas fechadas ficará com uma má recordação, tal como um português ficaria se as visse em Paris ou Florença.

E fica provado que a restauração do Ministério da Cultura em nada resolve uma sucessão de problemas laborais que se arrastam ao longo dos anos. Há tantos que até já mereciam ter o seu próprio museu.

Em nome do primo
Bruno Vieira Amaral inspirou-se no assassinato de um primo para escrever o romance ‘Hoje Estarás Comigo no Paraíso’ (Bertrand).
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)