Ninguém leva a mal

Luís Pires da Silva

Ninguém leva a mal

Tem que se elaborar uma nova lei orgânica, que pare de copiar e colar.
  • 0
  • 0
Por Luís Pires da Silva|08.02.16
  • partilhe
  • 0
  • 0
Em véspera de Carnaval, posso, sem que ninguém leve a mal, copiar as ideias de uma crónica escrita neste espaço em 2012 e fazer de conta que é de hoje.

Quero agradecer ao diretor deste jornal, Octávio Ribeiro, a iniciativa da crónica ‘Com peso e medida’. Esta possibilita que um elemento da ASAE expresse livremente as suas opiniões, desmistificando o que é a ASAE e o trabalho dos seus inspetores.

A ASAE, a par de toda a função pública, subsiste com numerosos problemas, que com vontade política serão resolúveis, com um custo irrisório.

Começando pelos alicerces, tem que se elaborar uma nova lei orgânica, que pare de "copiar e colar" e ajude no trabalho dos inspetores, dignificando a instituição e valorizando os bens jurídicos que esta defende.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)