Câmara mete água

Paulo Fonte

Câmara mete água

Quando, há três meses, um reformado de 74 anos alertou o presidente da Câmara de Lisboa para a falta de sarjetas na nova obra do Marquês de Pombal, imagino alguns sorrisos complacentes perante o atrevimento. Se os viu, Luís Garcia não lhes deu valor.
  • 3
  • 0
Por Paulo Fonte|paulofonte@cmjornal.pt|08.12.12
  • partilhe
  • 0
  • 3
Câmara mete água

 E antecipou, com base nos seus 60 anos de vida na construção civil, que a autarquia tinha criado o futuro ‘rio do Marquês’. Na quinta-feira à noite, aconteceu o inevitável – parte da rotunda ficou inundada e a circulação bloqueou. O saber feito no terreno tinha acabado de derrotar os mestres de gabinete.

Na manhã de 10 de Setembro, a insistência de Luís Garcia obrigou a directora municipal de Obras a admitir a falha, embora com a justificação de que aquelas eram obras provisórias e que a questão da drenagem não estava esquecida. Pressionada pela presença da comunicação social, no dia seguinte já se viam funcionários a corrigir o problema. Mas a questão era mais ampla e, passada a euforia, só parte do alerta foi tido em linha de conta. O ‘descaramento’ de Luís Garcia levou-o, na ocasião, a acusar os técnicos camarários de não saberem fazer obras. Foi uma questão de paciência. O tempo parece ter-lhe dado toda a razão.

 

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
3 Comentários
  • De manuel antónio pereira11.12.12
    Foi uma obra emblemática do Santana "Copos".Aguentem lisboetas,aguentem!
    Responder
     
     0
    !
  • De Sousa da Ponte09.12.12
    Deviam ser obrigados a indemnizar todos os particulares a quem OBRIGAM, porque têm poder, a fazer obras mal feitas. E seria interessante saber onde aqueles injinheiros tiraram o canudo.
    Responder
     
     0
    !
  • De António 08.12.12
    Às vezes, apetece resolver estas coisas à bofetada (Para não dizer à chumbada)porque paciência, tem limites
    Responder
     
     1
    !

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)