Santa ingenuidade

Pedro Meireles

Santa ingenuidade

O debate eleitoral vai passando ao lado da Justiça.
  • 0
  • 0
Por Pedro Meireles|26.09.15
  • partilhe
  • 0
  • 0
O respeito absoluto pelo princípio da separação de poderes é um fator fundamental para o bom desenvolvimento das Nações: só o controlo mútuo dos diversos poderes permite dar um limite a esses mesmos poderes.

Os exemplos de abusos por parte de agentes ‘poder político’, revelados pela atuação da Justiça nos últimos anos, são a prova maior da necessidade da total independência entre os diversos poderes, e sem a qual aqueles abusos dificilmente seriam revelados. A autonomia do MP confere-lhe o poder de investigar quem é suspeito da prática de crimes. A independência do poder judicial confere-lhe o poder de confirmar se a investigação policial orientada pelo MP respeitou os direitos e as liberdades dos cidadãos visados e, por outro lado, o poder de julgar quem está acusado da prática de crimes, sejam quem forem os envolvidos, profissão, credo ou orientação política.

Depois de ler programas eleitorais onde se preconiza tratamento privilegiado para a classe política, a santa ingenuidade estranha que o debate eleitoral vá passando ao lado da Justiça. Até parece que estão de acordo!
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)