A geração à Porto

Rui Moreira

A geração à Porto

Esta geração, que há duas décadas era mal apelidada, afinal nada tem de ‘rasca’ e nem sequer é apenas de ‘desenrasca’.
  • 0
  • 3414
Por Rui Moreira|26.02.17
Há cerca de 20 anos, alguém chamou ‘geração rasca’ aos estudantes que se encontravam no ensino secundário. Por muito que se procure encontrar naquele contexto os argumentos para que a expressão tivesse sido usada, estavam esses jovens desafiados a demonstrar que a mesma era desadequada.

Ora, o que vejo hoje acontecer no Porto, com o aparecimento de cada vez mais start-ups (já é a primeira cidade do país nesse aspeto) e com a consolidação de projetos de investimento e inovação cada vez mais sólidos, demonstra que essa juventude passou de ‘rasca’ a geradora de soluções e ideias disruptivas.

Tal deve-se, seguramente, também ao espírito empreendedor que existe no Porto, onde o ADN social sempre foi o de fazer acontecer. Claramente, também existe nestas novas gerações de empresários a capacidade para encontrarem oportunidades onde aparentemente só há dificuldades. A contração do mercado de trabalho qualificado foi prejudicial a esta geração, mas aguçou o engenho na procura da criação de autoemprego.

E também levou a alguma emigração, é certo. Mas também essa, como então escrevi, representa uma oportunidade. Muitos desses jovens emigrantes qualificados regressam agora, trazendo experiências, mais conhecimento, mais mundo. E isso é fundamental para adensar a massa crítica do país e melhorar a capacidade para entender o mercado global. Há ainda outras razões para o sucesso que começamos a perceber nos muitos projetos tecnológicos que vão inundando a Baixa do Porto. Uma das mais evidentes é a qualidade do sistema de ensino, que, no Porto, tem muito a ver com a excelência da Academia, em geral, e da Universidade do Porto, em particular. E também, claro, dos níveis básico e secundário.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)