Novas ditaduras

Rui Moreira

Novas ditaduras

A Europa próspera entrou em crise económica e social, a globalização trouxe a concorrência desleal.
  • 0
  • 435
Por Rui Moreira|07.05.17
Crescemos olhando um mundo dividido entre democracias e ditaduras. Na Europa, o Bloco de Leste era o paradigma do ‘socialismo-democrático’ que pouco ou nada tinha de socialismo e menos de democrático. No Sul da Europa, mas também na América Latina, proliferavam as ditaduras de direita, suportadas por ideologias fascistas, mas que, na prática, não se distinguiam muito dos regimes de esquerda.

Os limites à liberdade de expressão, de circulação, de reunião e associação eram marcas comuns. Assim como a propaganda e a opressão. E havia as democracias, onde os Estados Unidos da América eram exemplo e a Europa central era o guião das garantias individuais e da ética. Nestas democracias, a economia funcionava a favor dos cidadãos, que viam os seus direitos sociais crescerem e o nível de vida disparar. Já nas ditaduras, a economia definhava, os números de produção agrícola e industrial, quase sempre falseados pela propaganda, atiravam para a pobreza as populações oprimidas.

Quando no final do século XX tudo começou a mudar e as ditaduras na Europa e na América Latina deram lugar a sistemas mais democráticos, ou aparentemente mais democráticos, seria razoável adivinhar um mundo melhor, mais aberto, livre e equilibrado. Contudo, o século XXI não confirmou essa visão idílica.

A Europa próspera entrou em crise económica e social, a globalização trouxe a concorrência desleal com economias emergentes onde nem sempre os direitos sociais são respeitados e onde a marca é a exploração da mão de obra, e os EUA, que nunca desenvolveram um verdadeiro Estado Social, foram incapazes de ser o motor económico do mundo. Hoje, o mundo continua dividido entre o democrático e o ditatorial, que agora encontra terreno fértil no Oriente distante mas também em terrenos bem mais próximos da Europa, pela cruzada islâmica. E aqui é que reside o grande problema.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)