Sub-categorias

Notícia

A noite mais longa

Rui Pereira

A noite mais longa

Ressuscitar governadores civis e mobilizar a força aérea seria útil.
  • 0
  • 0
Por Rui Pereira|19.06.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Ontem, Portugal não adormeceu. Temperaturas acima de 400, ausência de humidade, ventos erráticos e uma trovoada de verão desencadearam, em Pedrógão Grande, o mais horrível fogo florestal de que há memória.

Para quem gosta de hipérboles, o diabo saiu à rua. Mas, para além do raio circunstancial, o diabo tem um nome: desertificação do Interior, queda da natalidade, abandono da agricultura, desordenamento do território e aquecimento global.

Positivo foi o clima de unidade e coesão. Do Presidente ao anónimo soldado da paz, todos cumpriram. Mas devemos extrair ilações para o futuro. Não será útil, por exemplo, ressuscitar os governadores civis e mobilizar a Força Aérea?

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)