Sub-categorias

Notícia

Para pior já basta assim

António Magalhães

Para pior já basta assim

Mais do que ameaças, está na hora de um discurso sereno.
  • 0
  • 0
Por António Magalhães|11.11.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Não está fácil encontrar um tema para escrever que fuja às polémicas do nosso futebol e que andam à volta de arbitragens, processos, e-mails, comissões, castigos, queixas, insinuações, acusações, ameaças e até pancadaria. É difícil e pode até ser contraproducente se olharmos exclusivamente para aquilo que desperta interesse e debate na praça pública e, já agora, também nesse mundo digital tão prolífico na interação, infelizmente quase sempre gerador de ódios e insultos. O futebol puro e os jogadores passam para segundo ou terceiro plano, até porque o habitual muro de silêncio que se ergue em seu redor não contribui para que ocupem o espaço que lhes pertence por direito.

Acabam, pois, por ser os dirigentes, os árbitros e algumas figuras menores a lançar ‘sound bites’ que marcam a atualidade. Com alguma surpresa, verifico agora que os dirigentes da arbitragem também se entregaram a esse exercício, uma vez que as críticas (e pior do que isso) aos árbitros se mantêm. É claro que a classe e os seus líderes devem defender quem sofre tantos ataques, mas também é preciso acalmar as águas em vez de agitá-las ainda mais. Não me parece que as permanentes ameaças de greve (agora com o extra de poderem ser de surpresa) ou da recusa em fazer nomeações causem o efeito desejado. Uma porque tem sido ‘arma’ recorrentemente erguida mas logo recolhida, outra porque me parece que o presidente do Conselho de Arbitragem não deve usar aquela prerrogativa quando exerce um cargo de tamanha responsabilidade.


Haja respeito pela história do Belenenses
O Belenenses anda há cerca de três anos numa guerra fratricida e não se vê forma de clube e Sociedade Anónima Desportiva, que gere o futebol profissional, entenderem-se. Outros houve que por menos desapareceram do mapa desportivo. Bom senso e respeito precisam-se.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)