Sub-categorias

Notícia

A irrelevante ONU

Rui Pereira

A irrelevante ONU

O unilateralismo puro e duro apenas tornará o mundo mais perigoso.
  • 0
  • 0
Por Rui Pereira|22.04.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
António Guterres dispõe de todos os atributos para ser um inexcedível Secretário-Geral da ONU em ‘tempos de paz’ (ou seja, em profícua articulação com uma Presidente norte-americana que desse pelo nome de Hillary Clinton). É legítimo julgar que a empatia pessoal e a afinidade de pontos de vista entre ambos teriam permitido progressos sensíveis em diferentes cenários.

Todavia, a História pregou uma nova partida a Guterres, recriando, na longínqua Nova Iorque e em versão aprofundada, o pântano doméstico de que ele se evadiu em abril de 2002. Donald Trump, cujo discurso em matéria de Direito Internacional parece ter sido plagiado de um livro de quadradinhos de Super-Homem, ameaça tornar Guterres e até a ONU personagens irrelevantes.

O bombardeamento da base aérea na Síria de onde terá partido um ataque com armas químicas contra a população civil é "compreensível", como muito bem disse, "ex post facto", o ministro Augusto Santos Silva. Mas Guterres propusera antes, com aparente acerto, um inquérito para determinar a autoria do ataque. Trump nem sequer se deu ao trabalho de lhe dar uma resposta.

O recurso à "mãe de todas as bombas", no Afeganistão, prescindiu também do aval da comunidade internacional e, em particular, da ONU. Para justificar tudo, Trump oferece-nos o discurso de um porta-voz lunático (Sean Spicer) que, pelos vistos, ignorava que os nazis gasearam milhões de civis durante a Segunda Guerra Mundial (muitos dos quais de nacionalidade alemã).

A ONU e o seu Conselho de Segurança são instituições paralisadas e carentes de reforma profunda. O ‘status quo’ de 1945 não responde às necessidades atuais, como observou Freitas do Amaral aquando da sua passagem pela presidência da Assembleia Geral. Mas o unilateralismo puro e duro não nos trará a ‘pax americana’: apenas tornará o mundo um sítio mais perigoso. 
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)