Sub-categorias

Notícia

A luz intermitente de Lisboa

José Diogo Quintela

A luz intermitente de Lisboa

Lisboa vai ser a mais linda cidade vista do google earth.
  • 0
  • 6
Por José Diogo Quintela|26.11.16
  • partilhe
  • 6
  • 0
A Câmara Municipal de Lisboa está de parabéns. Continua a melhorar a capital, mesmo naqueles aspectos em que se pensava que a cidade já era perfeita. A luz de Lisboa, por exemplo. Está superior. À conjugação de sol reflectido no estuário do Tejo e nos telhados do casario, junta-se agora a intermitência permanente dos 4 piscas de milhares de carros parados no trânsito, a qualquer hora do dia. É uma luminosidade única, pois em mais lado nenhum do mundo há trânsito paralisado como em Lisboa.

Quando Fernando Medina prometeu mais lugares para os lisboetas pararem o carro, confesso que não estava à espera que fosse no meio da rua. Mas já é um começo. Aliás, uma das principais justificações para a Carris passar para a alçada da CML é mesmo essa: Medina até pode não saber muito sobre autocarros, mas percebe imenso sobre paragens.

Fernando Medina está sempre na berlinda. O ano passado, recebeu a presidência da Câmara. Agora, recebe a Carris. É um homem de sorte, calha-lhe sempre António Costa no Amigo Secreto do PS. Pelos vistos, no PS não impõem um limite de 15 euros na troca de presentes de Natal.

A cínica oposição acha que é uma espécie de presente envenenado. Acham que, se Medina está com dificuldades em orientar-se com as obras, juntar a gestão de uma grande empresa de transportes só vai dificultar. Dizem que é como meter um homem com disfunção eréctil a participar em ménages à trois. Se com uma já é complicado, quanto mais com duas.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)