Sub-categorias

Notícia

Altice promete não fazer política

Eduardo Cintra Torres

Altice promete não fazer política

Operação Marquês veio mostrar que a investigação da TVI não era ‘perseguição’, mas serviço público.
  • 0
  • 142
Por Eduardo Cintra Torres|16.07.17
Tudo em Portugal leva um tempo infinito. A ajuda às vítimas em Pedrógão Grande. Os inquéritos. As reformas. Os processos judiciais. O fim do controle da informação da TVI pelo socratinismo. Foi em 2009 que o PS de Sócrates conseguiu calar a informação independente na TVI e a investigação jornalística sobre as suspeitas de corrupção que o envolviam, por ordem de Cebrián, da Prisa.

A Operação Marquês veio mostrar que a investigação da TVI não era uma ‘perseguição’, mas serviço público informativo. Era por isso alvo primordial de Sócrates.

Oito anos depois do assalto à TVI, com a ajuda dos socialistas espanhóis da Prisa e gorada a tentativa de assalto através da PT, então dominada por outros agora arguidos na Operação Marquês, o socratinismo ainda domina na TVI, através dum dos ‘amigos’ de Sócrates, o director de Informação Sérgio Figueiredo, que Sócrates conseguira pôr durante anos numa das grandes empresas que faziam parte da teia dos interesses, a EDP.

A compra pela Altice da Media Capital, dona da TVI, a uma Prisa aflita de dinheiro, pode alterar a situação. A empresa já disse que "não está em Portugal para fazer política" e, se cumprir a promessa, procurará que a TVI não seja um canal obedecendo a missões específicas da central de propaganda do governo e do PS. Mas não é certo. Figueiredo já disse que está a prazo, mas Rosa Cullell, administradora da Media Capital que permitiu e, no fundo, apoiou, a deriva socratinista da TVI, já se ofereceu para continuar e a Altice agradeceu o generoso sacrifício.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)