Sub-categorias

Notícia

Campeões de Portugal: imperioso respeitar a história

Paulo Andrade

Campeões de Portugal: imperioso respeitar a história

Oitenta anos depois há quem nos queira fazer crer que este título nacional não existiu.
  • 0
  • 0
Por Paulo Andrade|26.11.16
  • partilhe
  • 0
  • 0
Existiram apenas duas provas que, quando disputadas, definiam o Campeão Nacional: o Campeonato de Portugal entre 1921/22 e 1937/38 e a partir de 1938/39 o Campeonato Nacional da I Divisão. A primeira por eliminatórias, a segunda jogando todos contra todos.

O apuramento para estas competições principais era feito por via das competições regionais e entre 1934/35 e 1937/38 pelo Campeonato da Liga. Fundamental: ainda que realizadas em moldes diferentes eram as provas que, ano após ano, os adeptos, a FPF e a comunicação social assumiram como as que determinavam o Campeão Nacional.

Nunca nesses anos a FPF decidiu que o Campeonato de Portugal deixava de ser a principal prova nacional nomeadamente a favor de uma prova que se estava a disputar a título experimental, o Campeonato da Liga. Os jornais da época são claros.

Exemplo é o título de ‘Os Sports’: "A despedida de 1935-36 - O Sporting  ganhou o Campeonato Nacional pela terceira vez." Oitenta anos depois há quem nos queira fazer crer que este título nacional não existiu!!!
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)