Sub-categorias

Notícia

Centeno no sapatinho

Fernanda Cachão

Centeno no sapatinho

Demos aos países do Euro um "socialista de alma".
  • 0
  • 9
Por Fernanda Cachão|05.12.17
  • partilhe
  • 9
  • 0
Demos aos países do Euro um "socialista de alma", como escreveu um jornal espanhol, e o pequeno país que somos rejubilou como só pode rejubilar um país pequeno quando consegue eleger um dos seus às altas esferas, como se com ele fôssemos todos nós. Mas não é assim.

É claro que a eleição de um ministro provindo de um dos países que ferveram em março com a resposta ao jornal alemão ‘Frankfurter Allgemeine Zeitung’ do homem a que Centeno sucede, Jeroen Dijsselbloem, não deixa de nos dar a satisfação típica daqueles que ainda confiam na providência, tida no sentido da sabedoria suprema com que são conduzidas todas as coisas.

Disse o holandês em março, para quem não se lembre: "Como social-democrata, atribuo uma importância extraordinária à solidariedade. Mas também deve haver obrigações: não se pode gastar todo o dinheiro em copos e mulheres e depois pedir ajuda."

Centeno foi eleito para a presidência do Eurogrupo, mas, para quem pense que se caminha para termos muitos presentes nos sapatinhos, o próprio disse já que era apenas isso o "presidente do Eurogrupo e que a função principal caberá a todos os Estados-membros".

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)