Sub-categorias

Notícia

Coitadas das árvores de Lisboa

Edgardo Pacheco

Coitadas das árvores de Lisboa

A CML adora plantar árvores novas (deve dar votos), mas despreza as velhas.
  • 0
  • 49
Por Edgardo Pacheco|19.05.17
  • partilhe
  • 49
  • 0
No Verão de 2015, a Junta de Freguesia do Areeiro permitiu um ataque feroz ao arvoredo da praça de Londres e da avenida Guerra Junqueiro porque certos moradores não toleram ver o verniz dos seus carros riscado. As árvores estavam lá há 60 anos? Que se lixe. O carro bonitinho é que interessa.

Nessa altura – e recordo que estávamos no verão - lembro-me de pensar que o cúmulo a que um autarca de Lisboa poderia chegar seria permitir a poda de jacarandás em plena época de floração. Na minha cabeça, tal pensamento caía na categoria do absurdo. Jamais uma junta de freguesia ou a Câmara Municipal de Lisboa permitiram o desbaste de jacarandás no mês de maio, que é quando começam a pintar de lilás o céu de Lisboa. Mas enganei-me. Na semana passada, uns tipos de uma empresa privada sob vigilância da polícia municipal estavam a cortar pernadas floridas de jacarandás na avenida 5 de Outubro, para espanto de alguns turistas que olhavam boquiabertos para o espetáculo.

Honestamente, já não sei se é burrice, desprezo, daltonismo ou a velha burocracia enquanto vírus da administração pública (ou tudo isso junto), mas não há como fugir à questão. Mesmo para um brutamontes, um jacarandá será a árvore florida mais bonita de Lisboa. E o jacarandá, como qualquer outra árvore, deve ser podado no período de dormência, que é como mandam as regras (ou seja, no inverno). Donde, por que razão uma junta de freguesia ou uma câmara municipal autorizam a poda dessas árvores nesta altura? Seria pedir muito que tais operações se fizessem em novembro, dezembro ou janeiro?

Mas, lá está, quando a Câmara de Lisboa está há anos a tentar aprovar um regulamento do arvoredo, tudo se pode esperar.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)