Sub-categorias

Notícia

Comida de turista? Não, obrigado

Edgardo Pacheco

Comida de turista? Não, obrigado

Há chefs que só querem satisfazer o gosto do turista e não mostrar o que é nosso.
  • 0
  • 0
Por Edgardo Pacheco|14.07.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
O aumento galopante de turistas é a história da faca e dos dois gumes. Se por um lado surgiram projetos bem pensados na restauração, por outro proliferaram casas que só têm como objetivo entreter turistas. E isso, sinceramente, choca. Noutros tempos ainda havia algum pudor; hoje, oh, pudor, o que é que isso quer mesmo dizer?

Há dias calhou-me, contra a minha vontade, jantar num restaurante que, em tese, anunciava ter um bacalhau de qualidade refinada. E a coisa quando mete bacalhau fico meio desnorteado, imaginando logo mais de meia dúzia de itens para avaliar (origem, aspeto, textura, demolha, técnica de confeção, ponto de sal e, claro, sabor).

Chega o prato e o que encontramos? Um pedaço de peixe que, ok, seria gadus morhua, mas com uns 15 dias de cura de sal, sem pele e sem espinhas. Como não foi possível esconder o desagrado, lá o dono da casa explicou, com sinceridade, que a coisa era assim porque tinha de fazer um compromisso entre o gosto português e o gosto dos turistas. Bravo!

O ridículo de tudo isto é uma certa subserviência e ignorância dos donos destes novos restaurantes. Um turista com quarta classe saberá que o bacalhau é uma coisa nossa e necessariamente com sal. Se ele não tem espírito curioso ou sofre de hipertensão tem muito por onde escolher em matéria de peixe. Donde, por que raio é que um chef decide abastardar um prato que é património nacional?

Alguém imagina um português amante de Sagres ou Super Bock reclamar num pub irlandês por causa da textura e do peso da Guinness? Ou alguém imagina um português que não tolera vinagre mandar vir joelho de porco na Alemanha e depois pedir o livro de reclamações por causa do chucrute? Haja decência.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)