Sub-categorias

Notícia

E agora, Catalunha?

Ricardo Ramos

E agora, Catalunha?

A semana que passou deitou por terra as grandes fantasias dos independentistas catalães.
  • 0
  • 2
Por Ricardo Ramos|09.10.17
  • partilhe
  • 2
  • 0
A semana que passou deitou por terra as grandes fantasias dos independentistas catalães: A primeira é que a Catalunha independente continuaria a fazer parte da UE; a segunda, a de que seria economicamente viável.

O debate no Parlamento Europeu tirou todas as dúvidas: uma declaração unilateral de independência não seria reconhecida por nenhuma instituição ou Estado-membro; e uma Catalunha independente teria de sair da UE, com tudo o que isso implica - saída do euro, fim do acesso ao mercado único e da livre circulação de pessoas e bens.

O segundo golpe foi a decisão dos maiores bancos catalães - Sabadell e Caixabank - de abandonarem a Catalunha, no que parece ser o prenúncio de uma fuga de capitais e empresas em larga escala. Que empresa no seu perfeito bom senso vai trocar um mercado de 500 milhões de consumidores pelo limbo económico e jurídico?

O próprio Artur Mas, que lançou as sementes do processo separatista, avisou esta semana que a Catalunha "ainda não está pronta para a independência". Puigdemont devia ouvi-lo e repensar a sua estratégia. O mundo real não se compadece com utopias, por mais bonitas que sejam.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)