Sub-categorias

Notícia

Estranhas opções

José Calado

Estranhas opções

Senti estranheza por André Silva ter ficado no banco,de início.
  • 0
  • 0
Por José Calado|19.06.17
  • partilhe
  • 0
  • 0
Fernando Santos regressou à fórmula com que terminou o Europeu do passado verão. Portugal teve uma entrada péssima no jogo. Não conseguiu ter bola e sujeitou-se a intensa pressão do adversário, especialmente nos primeiros 20 minutos. Após esse período houve equilíbrio, mas a primeira parte foi intermitente.

Senti estranheza por André Silva ter ficado no banco de início. Ele tem sido o complemento ideal para Ronaldo, que por isso ontem esteve muito tempo sozinho na frente. O 1-1 ao intervalo ajustava-se perfeitamente, mas sem grande brilhantismo. Na segunda parte a equipa portuguesa continuou a mostrar que taticamente não esteva ao seu nível, revelando alguma desorganização. As mexidas ajudaram. A entrada de Adrien impunha-se pelo que acrescenta à zona central do meio-campo. Pouco depois é Gelson que garante velocidade.

Não se pode pedir a Ronaldo que depois de uma época tão desgastante jogue tão sozinho na frente. Para ter bola teve de correr imenso. Por isso, logo após a inevitável entrada de André Silva, Portugal fez o segundo golo. Insuficiente. Em suma, foi um jogo pouco brilhante. Pede-se mais, porque qualidade existe na nossa seleção.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)