Sub-categorias

Notícia

Inocente ou culpado

Manuel Maria Rodrigues

Inocente ou culpado

A presunção de culpa será superior à presunção de inocência.
  • 0
  • 0
Por Manuel Maria Rodrigues|18.10.16
  • partilhe
  • 0
  • 0
"Todo o arguido se presume inocente até trânsito em julgado da sentença condenatória…" traduz o Princípio da Presunção de Inocência.

O Licas é um drogado. Não faz nenhum, vagueia pelo bairro, tem 21 anos mas aparenta 50, dentes podres e braços esburacados. Não foi condenado em tribunal, mas as marcas no corpo da avó comprovam a violência para o vício.

A Vanessa é prostituta. Nunca foi condenada, mas a presença diária desde o cair da noite nas imediações do Técnico, de microssaia, debruçando-se sobre as janelas das viaturas, comprova que não são as aulas que a atraem ao local.

Um ministro é corrupto. Não foi condenado, mas a vida que leva é incompatível com o que ganha, além de tresandarem de mau cheiro os processos arquivados por negociatas e ligações a outros presumíveis inocentes envolvidos em trapaças inqualificáveis.

Pedro Dias é o assassino de Aguiar da Beira. Ainda não foi julgado, mas os indícios deixados até ao momento, os crimes ocorridos nos dias de fuga e o testemunho do sobrevivente aos momentos de horror nas mãos deste sociopata assim o comprovam. Arrisco pensar que neste caso, em tribunal, a presunção de culpa será superior à presunção de inocência.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)