Sub-categorias

Notícia

O que diz Domingues

Luís Campos Ferreira

O que diz Domingues

Todos fechados em copas. Não ouvimos sequer Catarina ou Jerónimo exigir mais pormenores.
  • 0
  • 0
Por Luís Campos Ferreira|01.12.16
  • partilhe
  • 0
  • 0
Proponho uma interpretação ‘fora da caixa’ do que disse António Domingues quando bateu estrondosamente com a porta da CGD. Disse ele que se sentia vítima de um "turbilhão mediático politicamente instrumentalizado a resvalar para a demagogia populista".

À primeira leitura, pode parecer que o demissionário administrador da Caixa se está a referir unicamente ao passado recente, às inúmeras polémicas em que se viu envolvido (e se envolveu) desde que assumiu a liderança da Caixa. É uma leitura legítima e decerto que o desgaste destas últimas seis semanas foi difícil de suportar.

Mas o meu ponto é outro: e se António Domingues, mais do que aludir às confusões do passado recente, estivesse a antecipar as confusões de um futuro próximo? É que até hoje, nem governo nem administração da Caixa tiveram a bondade de nos dizer em que consiste exactamente o plano de recapitalização e de reestruturação da Caixa.

Sabe-se que os contribuintes vão lá enfiar uma pipa de massa e pouco mais. Até agora, mantiveram-se todos fechados em copas, e não ouvimos sequer Catarina Martins ou Jerónimo de Sousa exigir mais pormenores, talvez para não meterem muitas areias na engrenagem da aprovação do Orçamento para 2017.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)