Sub-categorias

Notícia

Orçamento eleitoral

Eduardo Dâmaso

Orçamento eleitoral

O Orçamento é criticável por muitos ângulos mas é um documento eleitoral poderoso.
  • 0
  • 2
Por Eduardo Dâmaso|17.10.16
  • partilhe
  • 2
  • 0
O Orçamento é criticável por muitos ângulos mas é um documento eleitoral poderoso. Aumenta pensões a muitos, equilibra até ao impossível a tributação da classe média, gere calendários de despesa no limite. Faz uma quadratura do círculo entre disciplina orçamental e acordos à esquerda.

António Costa sabe que o seu orçamento é uma casca de noz na borrasca, mas o essencial é poder ir navegando. Quando tiver de ir a votos, tem de ter bons trunfos. Um deles é poder dizer que a devolver dinheiro e normalidade tem sido o menos mau.

Não é um programa político, mas é um argumento forte para votar nele. Não ganhou as eleições, mas a aguentar-se no poder é um mestre.
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)