Sub-categorias

Notícia

Os “pulhas” das notícias

Octávio Ribeiro

Os “pulhas” das notícias

Este relato vale mais para nós do que muitos prémios de jornalismo.
  • 4
  • 170
O caso de que o CM faz hoje as suas páginas centrais é mais um capítulo na biografia de um falsário compulsivo, que chegou a primeiro-ministro com maioria absoluta e concentrou em si muito mais poder do que é aceitável em democracia.

Os detalhes que se vão conhecendo deste personagem são um alerta para todos os democratas, em especial para os do Partido Socialista.

Como foi possível manipular a Justiça, a Banca, as empresas, os órgãos reguladores da comunicação social à concorrência? Como foi possível manter o País adormecido e os socialistas hipnotizados durante tanto tempo?

Na situação, que envolveu uma manchete do Correio da Manhã, ontem revelada pelo semanário ‘Sol’, José Sócrates, beneficiando da tentativa de contraditório, que é regra neste Jornal e prática do bom jornalismo, tenta manipular os factos – o não pagamento de um imposto devido pela sua mãe, fruto da venda de um apartamento a Carlos Santos Silva, o ‘amigo pródigo’ de Sócrates.

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)