Sub-categorias

Notícia

Uma tolice, com certeza

Miguel Azevedo

Uma tolice, com certeza

Gosto de ouvir Mísia cantar, gosto da sua atitude, admiro a sua coragem, o seu estilo, aprecio a forma como apresenta a sua verdade e até me encanta aquela aparente solidão em que vive.
  • 0
  • 57
Por Miguel Azevedo|16.09.17
  • partilhe
  • 57
  • 0
Polémica... Já o escrevi aqui várias vezes e não me canso de o repetir sempre que necessário. E hoje sinto que é necessário… Mas já lá vamos.

Gosto de ouvir Mísia cantar, gosto da sua atitude, admiro a sua coragem, o seu estilo, aprecio a forma como apresenta a sua verdade e até me encanta aquela aparente solidão em que vive. Há quem não goste.

O grande Fernando Alvim costumava dizer que só não gosta da Mísia quem não a conhece. Eu tive o privilégio de com ela conversar várias vezes, com ela e com a Susana, a mulher que está por detrás de Mísia e que chegou a ter de varrer o palco e fazer a bainha do vestido para poder brilhar. Gosto das duas.

Mísia é uma estrela maior fora de Portugal, mas alguns, por cá, querem fazê-la cadente. Nunca percebi. Chega a ser admirável a projeção que Mísia tem fora de Portugal. Em Espanha e em França, por exemplo, continuam a chamá-la "embaixadora do fado" e na América Latina não lhe poupam elogios. No Chile, chamam-lhe "a voz da nostalgia e da melancolia" e na Argentina a "estrela mundial da world music", "a nº1 do fado".

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)