Sub-categorias

Notícia

A gripe do PSD

Olhar CM

A gripe do PSD

O PSD está agora na política portuguesa como um jogador de póquer em pleno bluff.
  • 2
  • 0
Por Olhar CM|25.07.16
  • partilhe
  • 0
  • 2
A gripe do PSD
O PSD está agora na política portuguesa como um jogador de póquer em pleno bluff. Os sociais-democratas não têm líder que os possa levar a vitórias, mas esperam que as cartas lançadas por Bruxelas possam fazer cair as mãos ao atual Governo.

Enquanto o PSD está paralisado no seu passado recente, ao CDS falta apenas o golpe de asa de algum euroceticismo para começar a trepar nas sondagens.

Ao contrário do PSD, os centristas viraram a página da governação. Portas saiu de palco e Assunção Cristas é uma líder empática, criativa, trabalhadora, a quem qualquer português médio compraria um carro em segunda mão.

Esta incapacidade dos laranjas para se reinventarem não respeita a herança de um partido com absoluta necessidade de poder. Tendo Passos como principal trunfo, o PSD vai continuar a afundar-se nas sondagens, a ver o CDS subir, à sua direita, e o PS consolidar uma virtual maioria absoluta nos braços do Bloco. Este cenário é bom para Portugal?
Que o PSD tenha uma estrondosa derrota nas autárquicas de 2017 não é grave. Muito grave é o País ter de esperar tanto tempo pelo necessário reequilíbrio ao centro.

Só os dirigentes do PSD não percebem que os portugueses desejam tanto o regresso de Passos Coelho ao poder como apanhar uma forte gripe no verão.

Leia a notícia que deu origem a esta opinião: Socialistas e BE já conseguem maioria
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)