Sub-categorias

Destaques principais

Carlos Rodrigues

Vem aí crise?

Vem aí crise?

A venda do Novo Banco tem um potencial de instabilidade política superior ao do negócio do salário mínimo, que isolou o governo.

Francisco José Viegas

Blog

Blog

Em Inglaterra há um debate sobre a nova adaptação televisiva de ‘Declínio e Queda’ (na BBC1), de Evelyn Waugh.

Fernando Medina

Para onde vai a Europa?

Para onde vai a Europa?

Há quem tenha feito toda uma carreira política manipulando e agitando preconceitos sobre povos e regiões num espaço como a Europa, que se quer comum.

António Jaime Martins

Espartilho à prova

Espartilho à prova

Uma justiça espartilhada por limites de prova é de «faz-de-conta».

pub

Francisco J. Gonçalves

Uma nova guerra fria

Uma nova guerra fria

É preocupante viver num tempo em que a maior potência mundial e a única ditadura que se ‘esqueceu’ do fim da guerra fria são presididas por loucos.

Armando Esteves Pereira

Comissões nas OTRV

Comissões nas OTRV

Com as taxas de juro oferecidas pelos bancos a um nível perto de 0%, é natural que a nova emissão de OTRV seja um sucesso.

Francisco José Viegas

Blog

Blog

Vamos lá à história: um aeroporto chamado Cristiano Ronaldo tem algum sentido?

Fernando Jorge

Falhas no orçamento

Não há promoções: ainda não estão reunidas condições orçamentais.

pub

Almeida Henriques

À custa de quê?

À custa de quê?

A austeridade pode ser um travesti, mas continua a ser austeridade. Há um musculado aperto.

Fernanda Cachão

Tresanda a perfume caro

Tresanda a perfume caro

Lisboa na faixa que vem do Camões ao Príncipe Real assemelha-se cada vez mais a um Algarve que fala à tio - ganancioso, pretensioso e mal-educado de tanto querer parecer bem.

Carlos Rodrigues

Democracia deficitária

Democracia deficitária

Eis uma verdade sobre as contas do Estado que não tem sido sublinhada: um défice de 2,06% é uma excelente notícia.

Internacional

Esquerda neoliberal

Esquerda neoliberal

Não fora o maná do turismo e estaríamos talvez no meio de outra recessão.

Internacional

Sem motivo para festa

Sem motivo para festa

A União Europeia comemorou 60 anos da assinatura do tratado da sua fundação, o Tratado de Roma, sem coesão, sem rumo, sem líderes à altura dos sonhos dos seus fundadores, sem motivo para festa, afinal.

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Multimédia: Fotos, Vídeos e Infografias

Também em destaque