António Costa toma café pago com créditos de poupança de emissão de carbono

Projeto da Câmara de Matosinhos transforma ganhos ambientais em descontos.
Por Lusa|15.02.18

O primeiro-ministro, António Costa, tomou esta quinta-feira um café pago pela presidente da Câmara de Matosinhos, que usou créditos das emissões de dióxido de carbono (CO2) poupadas na mobilidade para pagar a bebida.

"Essencial não é o café, mas sim o mecanismo da transação, o café é pago com o crédito da poupança das emissões de CO2", disse António Costa aos jornalistas, enquanto tomava rapidamente o café sem açúcar para, depois, seguir para a reunião do Conselho de Ministros que decorre em Matosinhos.

Seguindo o exemplo de António Costa, a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, disse que o carro de serviço é elétrico, motivo pelo qual vai acumulando créditos, fruto de uma aplicação no telemóvel "AYR Credit", cujo objetivo é armazenar os créditos de CO2 acumulados por cada utilizador.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!