Sub-categorias

Notícia

Câmaras arrastam extinção de empresas municipais

Pelo menos 35 empresas municipais deverão ser extintas até ao final de fevereiro por não cumprirem os critérios da nova lei do setor empresarial local, mas são muitos os municípios que ainda não decidiram que entidades vão encerrar.
07.02.13
  • partilhe
  • 0
  • 5
Câmaras arrastam extinção de empresas municipais
Municípios têm que comunicar às Finanças quais destas entidades não cumprem critérios de autossustentabilidade Foto João Miguel Rodrigues/CM

A cerca de um mês do fim do prazo para que os municípios comuniquem às Finanças quais destas entidades não cumprem critérios de autossustentabilidade, a Lusa contactou quase duas centenas de autarquias para fazer um balanço da situação das empresas municipais (EM) e obteve respostas de 95 das 166 câmaras que, segundo o Livro Branco que caracterizou o Setor Empresarial Local, têm pelo menos uma destas entidades.

Estes 95 municípios admitem ter apenas 35 empresas à beira do fim, em diferentes fases do processo de extinção.

Em Valença, por exemplo, a empresa que gere o parque empresarial (InterMinho) será extinta até final do mês, em Gaia vão ser extintas a Gaiurb (urbanismo) e a Gaianima (equipamentos), em Sousel vai desaparecer a Enasel - Turismo e Cinegética e no Cartaxo a Rumo 2020 (obras) será extinta no primeiro semestre deste ano.

Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
5 Comentários
  • De José Manuel Miguel23.12.13
    No meu entender julgo que todas as empresas Municipais deviam acabar, são prejuízos que temos de ser nós a suportar, chorudos vencimentos, carro e muitas mais mordomias. Azambuja prejuízo de 8 milhões, onde está?...
    Responder
     
     0
    !
  • De Inseguro15.08.13
    É para manter estes tachos para os boys, com ordenados e mordomias muito superiores aos das Câmaras, que nos aumentam os impostos. Nos exploram nos parquimetros etc...
    Responder
     
     0
    !
  • De AntonioCarvalho08.02.13
    POIS ENTÃO E OS BOYS PARA ONDE IAM. PRECISAM DELES PARA FAZER CAMPANHA ELEITORAL DAS AUTARQUICAS
    Responder
     
     0
    !
  • De joão alexandre07.02.13
    É claro que a problemática "Empresas Públicas e Empresas Municipais"já tarda em ter resultados..convenhamos que há certos lobbys políticos nada interessados nisso por causa dos "tachos"mas o bolso dos "tugas"agradecia!!!
    Responder
     
     2
    !
  • De António Carreira07.02.13
    Lá se vai o bem bom dos amigos, em empresas formadas para roubar o herário publico e os contribuintes.era tudo à grande , pois eram formadas empresas para tudo,até para lavar dinheiro.Agora os incompetentes vão para onde
    Responder
     
     2
    !

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub