Costa ganha com desaires do PSD e Bloco

Partido Socialista reforça liderança com 39,9% das intenções de voto nas próximas eleições para o Parlamento, em 2019.
Por Salomé Pinto|06.09.18
As férias deram mais força ao Partido Socialista, que, este mês, subiu nove décimas nas preferências dos eleitores para 39,9%, segundo uma sondagem da Aximage para o Correio da Manhã.

Mas sem maioria absoluta, o PS de António Costa só conseguiria formar governo com um dos atuais aliados da geringonça – BE ou PCP – ou, num cenário pouco provável, com o apoio dos partidos da direita.
Costa ganha vantagem nas intenções de voto

Os ganhos de Costa fizeram-se muito à custa dos desaires dentro do PSD, que perdeu cerca de três pontos, fixando-se agora em 24,1% das intenções de voto. Para esta queda, muito terá contribuído a oposição interna no partido, com a fação de Passos Coelho contra o atual líder, mas também o divórcio do militante histórico e antigo primeiro-ministro, Santana Lopes, que saiu do PSD para fundar o partido Aliança.

O Bloco de Esquerda também sofreu fortes perdas à conta do polémico caso do ex-vereador da Câmara de Lisboa, Ricardo Robles. O partido de Catarina Martins caiu quase dois pontos percentuais face a julho, ficando com apenas 7,8% das preferências dos inquiridos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!