Costa garante maior despesa no setor da defesa

Só com fundos da União Europeia Portugal chegará a 1,98 por cento do PIB em 2024.
Por José Castro Moura|04.09.18
  • partilhe
  • 4
  • +
O primeiro-ministro, António Costa, garantiu ontem, mais uma vez, que Portugal vai cumprir os compromissos assumidos no quadro da Nato e da União Europeia no que respeita ao investimento na Defesa.

Na cerimónia militar comemorativa do dia do Estado-Maior-General das Forças Armadas, realizada, pela primeira vez, junto à Torre de Belém, em Lisboa, o chefe do Governo advertiu, no entanto, que apenas com fundos comunitários Portugal se aproximará da meta estabelecida pela aliança atlântica de dois por cento do Produto Interno Bruto.

Apenas nesse cenário Portugal chegará a 1,98 por cento em 2024, afirmou Costa perante os militares. Caso contrário, o Governo estima ficar por 1,66 por cento da riqueza nacional.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!