Cristas desafia Governo a assumir intenção de não reconduzir PGR

Líder do CDS-PP quer que Executivo assuma não recondução de Joana Marques Vidal sem se escudar numa "justificação jurídica".
10.01.18
  • partilhe
  • 2
  • +
A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defendeu esta quarta-feira uma renovação do mandato da procuradora-geral da República, desafiando o Governo a assumir politicamente a intenção de não reconduzir Joana Marques Vidal sem se escudar numa "justificação jurídica".

"Se não é essa a intenção do Governo, está no seu direito e tem legitimidade para o fazer. Não me parece é que faça bem procurar aqui uma qualquer justificação jurídica que não existe. Se o Governo não quer reconduzir que diga que, politicamente, que não tem essa intenção por razões que há de certamente vir a explicar", afirmou Assunção Cristas aos jornalistas.

A líder centrista enalteceu o mandato de Joana Marques Vidal, defendendo a sua continuação à frente da Procuradoria-Geral da República e considerando "muito claro" que tal é possível juridicamente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!