Sub-categorias

Notícia

Assunção Cristas recusa aproveitamento político e acusa Costa de ligeireza

Líder do CDS-PP diz que primeiro-ministro tem "grande dificuldade" em assumir responsabilidades do Governo.
Por Lusa|15.07.17
  • partilhe
  • 1
  • +

A presidente do CDS-PP acusou este sábado o primeiro-ministro e líder do PS de reagir com "grande ligeireza" por António Costa ter dito que há aproveitamento político dos incêndios de junho, em Pedrógão Grande.

"O primeiro-ministro trata de todos os assuntos com uma grande ligeireza. Gosta de pôr pontos finais nas matérias quando elas não estão em ponto de levar um ponto final. E gosta de distorcer os factos à medida que lhe é mais conveniente", afirmou Assunção Cristas, que também é candidata à Câmara de Lisboa, numa ação de pré-campanha autárquica, em Marvila.

No caso dos incêndios, em que morreram 64 pessoas e mais de 250 ficaram feridas, Assunção Cristas insistiu na tese da ligeireza de Costa e acusou-o de ter "grande dificuldade em assumir as responsabilidades dos membros do seu Governo e dele próprio", tanto no caso dos incêndios como no do roubo de armamento no país de Tancos, no início de julho.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub