Líder do CDS-PP diz que novo partido de Santana Lopes "não é uma ameaça"

Assunção Cristas confessou, no entanto, que o seu surgimento "pode ser positivo".
Por Lusa|23.08.18

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta quinta-feira que o futuro partido de Pedro Santana Lopes "não é uma ameaça" ao CDS-PP, afirmando que o seu surgimento "pode ser positivo".

"A estratégia do CDS-PP não muda, é sempre a mesma. Queremos ser uma alternativa às esquerdas encostadas, para isso precisamos de 116 deputados. Com certeza não chegamos lá sozinhos, todos aqueles que neste espaço puderem somar deputados, seja do PSD seja de outros partidos novos, acho que isso pode ser positivo", afirmou Assunção Cristas.

Em declarações aos jornalistas, à margem de uma ação de boas práticas ambientais, na praia da Conceição, em Cascais, a líder centrista disse que não "vê como ameaça" a criação da Aliança, o futuro partido que o ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes pretende fundar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!