Sub-categorias

Notícia

Marcelo defende advogado arguido na Operação Fizz

Blanco acusou Proença de Carvalho.
Marcelo Rebelo de Sousa respondeu às sete perguntas colocadas por Paulo Blanco, advogado do Estado angolano e um dos acusados na Operação Fizz, que envolve num caso de alegada corrupção o ex-vice-presidente da República de Angola, Manuel Vicente, e o procurador Orlando Figueira.

Blanco arrolou o Presidente da República como testemunha abonatória e enviou sete perguntas para Belém. Entre elas "se conhecia o arguido? Se conviveu com ele e se, na sua qualidade de jurisconsulto manteve contactos profissionais com o arguido?".

O Gabinete da Presidência respondeu que Marcelo "não conhecia os factos", mas o Presidente vem agora responder às perguntas feitas por Blanco, após o advogado ter enviado um novo ofício ao tribunal, dizendo que não acreditava que as questões tivessem chegado ao Presidente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!