Sub-categorias

Notícia

PCP não quer "encostar o PS à parede" apenas chamar partido "à razão"

Para Jerónimo de Sousa, o Governo do partido socialista deve responder "à aspiração dos trabalhadores e do povo" de uma vida melhor.
Por Lusa|14.11.17
  • partilhe
  • 2
  • +
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, sublinhou esta terça-feira que o partido não quer "encostar o PS à parede", antes chamar os socialistas "à razão", sempre na defesa "dos trabalhadores e do povo".

"Nós não queremos encostar o PS à parede, queremos apenas chamar o PS à razão", disse Jerónimo de Sousa, intervindo em Sintra numa sessão dedicada ao salário mínimo e à valorização do trabalho.

Para o dirigente comunista, o Governo do PS deve responder "à aspiração dos trabalhadores e do povo" de uma vida melhor, introduzindo, nomeadamente, 600 euros como valor de salário mínimo já em janeiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub